Moscou, 9 jan (EFE).- O primeiro-ministro da Letônia, Valdis Dombrovskis, confessou hoje que foi a uma adivinha para saber o que acontecerá com o país, cuja economia enfrenta a pior recessão entre as nações da União Europeia (UE).

"Não me atrevo a prever o futuro. Fui a uma adivinha, mas acho que suas previsões não foram muito precisas", declarou à emissora "SWH" o chefe de Governo, que não disse exatamente o que a futuróloga lhe revelou.

A crise econômica atingiu em cheio a economia da Letônia, onde a taxa de desemprego em novembro do ano passado chegou a 22,3% , segundo dados recentes do escritório de estatísticas da UE, o Eurostat.

Em termos anualizados, o Produto Interno Bruto (PIB) da Lituânia caiu mais de 19% nos últimos 12 meses. EFE egw/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.