Premiê britânico devolverá R$ 35 mil em despesas particulares

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, confirmou nesta segunda-feira que vai devolver aos cofres públicos 12.415 libras (cerca de R$ 35 mil) referentes a despesas particulares.

BBC Brasil |

AP
Gordon Brown, primeiro-ministro britânico

A decisão foi tomada depois que uma auditoria independente concluiu que ele superou limites de reembolso de verbas públicas durante os últimos cinco anos.

Brown devolverá 10.716 libras referentes à limpeza, 302 libras em gastos com jardinagem e quase 1,4 mil em despesas com decoração.

O premiê escreveu a outros ministros do seu gabinete, incentivando-os a também "fazer os pagamentos apropriados".

Mas alguns parlamentares reclamam que os novos limites não deveriam ser impostos de forma retroativa.

Limites

O governo pediu ao auditor Thomas Legg investigar os gastos feitos por parlamentares após uma série de denúncias sobre despesas abusivas publicadas pela imprensa britânica em maio.

Embora os reembolsos de despesas de Brown estivessem de acordo com as regras vigentes na época, eles estão além dos limites recomendados por Legg.

O auditor estabeleceu que qualquer reembolso de verbas de limpeza acima de duas mil libras anuais e de jardinagem acima de mil libras deveria ser devolvido.

O relatório final de Legg deve ser entregue em dezembro.

Um comitê parlamentar decidirá então se tornará obrigatórias as recomendações feitas sobre devolução de dinheiro.


Leia mais sobre Gordon Brown

    Leia tudo sobre: gastosgordon brownprimeiro-ministro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG