Premiê australiana faz visita surpresa ao Afeganistão

Julia Gillard se encontrou com o presidente afegão Hamid Karzai e afirmou que vai manter tropas no país

EFE |

A primeira-ministra australiana, Julia Gillard, realizou no domingo uma visita surpresa ao Afeganistão, onde seu país tem cerca de 1.500 soldados, informou a imprensa local. Julia participou de um churrasco com as tropas australianas, em Tarin Kot, ao sul do país asiático, e depois se reuniu com o presidente afegão, Hamid Karzai, em Cabul, para abordar assuntos políticos e militares.

A visita de Julia acontece depois que três militares australianos e seu tradutor morreram e outros sete ficaram feridos quando um soldado do exército afegão disparou contra eles na base de Kandahar, no dia 29 de outubro. Com isso, é de 32 o número de soldados australianos mortos no país desde 2001, quando começou o conflito.

Apesar das baixas e "da dor" causada na Austrália pela morte de seus soldados, Julia reafirmou que seu governo vai continuar no Afeganistão. "Temos a intenção de manter nosso compromisso com os senhores a longo prazo como parte do espírito de amizade", segundo declarações de Julia citadas pela emissora australiana "ABC".

Além disso, Julia abriu no domingo à noite uma nova embaixada australiana em Cabul, antes de continuar com seu trajeto de volta à Austrália. Cerca de 1.500 militares australianos estão destacados atualmente no Afeganistão, onde participam de operações de combate e treinamento das forças de segurança afegãs sob comando da Otan, representando o maior contingente que não pertence à Aliança Atlântica.

EFE
Julia Gillard se encontra com militares na base de Tarin Kot, ao sul do país

    Leia tudo sobre: afeganistãoaustráliajulia gillardvisita surpresa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG