seriamente - Mundo - iG" /

Premiê argelino diz que terrorismo diminuiu seriamente

Argel, 11 mar (EFE).- O primeiro-ministro argelino, Ahmed Ouyahia, afirmou hoje que o terrorismo no país norte-africano diminuiu seriamente, graças a um forte dispositivo das forças de segurança que deu resultados, mas acrescentou que não é possível excluir novos atentados.

EFE |

Em declarações à rádio estatal argelina, Ouyahia disse que dizer que se está a salvo de um ato terrorista "é uma ficção", na medida em que o terrorismo "é covarde e bate sem distinção".

O primeiro-ministro considerou que os atentados suicidas são "a dimensão suprema da cultura de destruição" e ressaltou que o terrorismo diminuiu "seriamente", graças a um "potente dispositivo que deu resultados".

Ouyahia disse que, diante das eleições presidenciais de 9 de abril, o Estado mantém o mesmo dispositivo de segurança "em permanência", mas disse que, em um contexto particular de eleições, é normal que haja "algumas medidas suplementares".

Sobre a política de reconciliação nacional - um dos eixos fundamentais do programa do presidente do país, Abdelaziz Bouteflika -, o primeiro-ministro disse que "funciona em paralelo à luta antiterrorista".

"Foram tomadas medidas e outros casos estão sendo tratados pelo Executivo", disse, em referência às políticas de anistia e suspensão de causas judiciais para os terroristas arrependidos, que Bouteflika veio impulsionando desde sua chegada ao poder, em 1999.

Além disso, disse que os membros dos grupos civis de autodefesa se beneficiarão de ajudas para a "reinserção" na sociedade para os que já não estão na ativa e de melhora de sua situação para os que continuam em atividade, como prometeu o chefe de Estado, quando anunciou sua candidatura a um terceiro mandato. EFE jg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG