Prefeito opositor da Bolívia preso e acusado de massacre

O prefecto (governador) do departamento boliviano de Pando, o opositor Leopoldo Fernández, investigado pela promotoria por causa de uma matança, foi preso por militares, confirmaram nesta terça-feira fontes do ministério do Governo (Interior).

AFP |

O canal de televisão estatal mostrou imagens de um pequeno avião em que supostamente Fernández era levado para a cidade de La Paz.

O governo tomou a decisão de prender o prefeito em seu gabinete em Cobija, fronteira com o Brasil, responsabilizando-o pelo massacre de camponeses na quinta-feira, quando morreram 16 pessoas.

jac/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG