Prefeito diz que sete morreram em colisão de trens nos EUA

O prefeito de Washington, Adrian Fenty, declarou nesta terça-feira que sete pessoas morreram na colisão de dois trens do metrô na véspera, na capital americana. Mais cedo, o corpo de bombeiros da cidade havia estimado que nove pessoas tinham morrido.

BBC Brasil |

AP
Oficiais trabalham no local do acidente com os trens do metrô

Oficiais trabalham no local do acidente com os trens do metrô

O acidente, que foi considerado pelas autoridades como o pior em 33 anos de história do metrô, também deixou cerca de 70 pessoas feridas, algumas em estado grave.

De acordo com um comunicado divulgado na segunda-feira pela administração do metrô de Washington, as causas do acidente ainda estão sendo investigadas, embora informações preliminares apontem que os dois trens estavam na mesma linha quando a colisão ocorreu, por volta das 17h, horário local (18h, horário de Brasília). Entre os mortos está a maquinista de um dos trens.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, divulgou um comunicado na noite desta segunda-feira onde se disse entristecido com o acidente.

(A primeira-dama) Michelle (Obama) e eu ficamos entristecidos com o terrível acidente no nordeste de Washington. Nossos pensamentos e orações vão para as famílias e amigos afetados, diz o comunicado. Obama agradeceu ainda as equipes de resgate que se dirigiram ao local para salvar vidas.

Resgate

De acordo com o chefe do corpo de bombeiros de Washington, Dennis Rubin, aproximadamente 200 homens foram enviados para o local do acidente, que fica entre as estações de Fort Totten e Takoma Park.

Rubin afirmou que cerca de 50 pessoas foram resgatadas com ferimentos leves e 12 com ferimentos moderados. Ao menos duas vítimas estariam correndo risco de morte.

O administrador-geral do metrô, John Catoe, afirmou que as autoridades estão investigando as causas do acidente, e que as conclusões ainda podem levar alguns dias.

Estamos muito entristecidos com o fato de o acidente ter causado mortes. Nossas autoridades de segurança estão investigando até determinar porque isto aconteceu e que medidas podem ser tomadas para que isto não venha a ocorrer novamente, disse Catoe.

A passageira Jodie Wickett afirmou à rede de TV norte-americana CNN que estava sentada, enviando mensagens de texto pelo celular, quando sentiu o impacto.

Aconteceu muito rápido, eu voei para fora do assento e bati a cabeça, disse. Wickett ainda contou que algumas pessoas estavam muito feridas e algumas choravam.

Histórico

De acordo com a administração do metrô de Washington, a única vez em 33 anos em que houve mortes após um acidente no metrô foi em janeiro de 1982, quando três pessoas morreram após um trem descarrilar.

Em 2004, dois trens também colidiram na estação de Woodley Park/Zoo-Adams Morgan. O acidente deixou apenas alguns feridos, no entanto.

Leia mais sobre acidente de trem

    Leia tudo sobre: acidentetremwashington

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG