Prefeito de N.York critica obras para revitalização do Marco Zero

Nova York, 10 set (EFE).- O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, afirmou hoje que o terminal de transportes projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava para o Marco Zero de Manhattan é muito complicado para ser construído, razão pela qual precisa ser redesenhado.

EFE |

Em um artigo de opinião publicado pelo "The Wall Street Journal" às vésperas do sétimo aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001, Bloomberg classificou como "frustrante" a lentidão das obras na região em que ficava o complexo do World Trade Center.

"O renascimento do baixo Manhattan não estará completo até que o Marco Zero continue sendo uma ferida aberta", acrescentou o prefeito em seu artigo, intitulado "Não deveria haver mais desculpas para o Marco Zero".

Uma das causas do atraso nas obras do complexo é, segundo Bloomberg, a estação desenhada por Calatrava, que "ameaça atrasar o memorial e o projeto inteiro".

Bloomberg acha que o memorial às vítimas dos atentados de 11 de setembro deve ser conluída até 2011, quando os ataques completarão dez anos.

"Não deve haver mais desculpas nem mais atrasos", acrescentou Bloomberg, segundo quem o governador do estado de Nova York, David Paterson, concorda com ele nesse ponto.

Em julho, a Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey anunciou mudanças no desenho do terminal de transportes de Calatrava para reduzir as despesas.

Além do terminal de transportes, no Marco Zero também está prevista a construção de cinco edifícios para escritórios e um espaço para lojas, assim como um monumento e um museu em memória aos quase três mil mortos vida na tragédia. EFE bj/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG