Prefeito de Caracas diz que reeleição indefinida não é boa

Bogotá, 6 jun (EFE).- O prefeito de Caracas, o opositor Antonio Ledezma, disse hoje, em Bogotá, que acredita que a reeleição indefinida não é boa e acaba prejudicando quem se aferra ao poder.

EFE |

"Acho que a reeleição indefinida não é boa nem para os governantes nem para os governados", disse Ledezma, opositor ao presidente venezuelano, Hugo Chávez, em uma entrevista à colombiana "Rádio Caracol".

Nesse sentido, lembrou a advertência do libertador Simón Bolívar sobre o perigo do "fato de que um governante se acostume a mandar e que um povo se habitue a obedecer".

Segundo ele, uma das coisas que os políticos devem aprender é a "fazer as malas quando se governa em democracia".

Explicou que os políticos devem entender que o poder tem limites, que há alternância e que "a pátria, que o Estado, que o departamento, que o município não depende de uma só pessoa, mas de um projeto de país, de um projeto de região".

Na Venezuela, Chávez promoveu uma emenda constitucional que possibilita a reeleição ilimitada e que foi aprovada em 15 de fevereiro em um referendo, com 54,86% de votos a favor. EFE ocm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG