golpe de Estado em câmera lenta na Venezuela - Mundo - iG" /

Prefeito de Caracas denuncia golpe de Estado em câmera lenta na Venezuela

O prefeito de Caracas, o opositor Antonio Ledezma, denunciou um golpe de Estado em câmera lenta na Venezuela e acusou o presidente Hugo Chávez de não respeitar as instituições, em entrevista a um jornal argentino nesta terça-feira.

AFP |

"Na Venzuela estamos vivendo um golpe de Estado em câmera lenta. O governo (de Hugo Chávez) se apoia nas instituições que dão uma aparência de democracia, mas são instituições que estão sequestradas. O parlamento é um exemplo", afirma Ledezma ao jornal Clarín.

O prefeito de Caracas, eleito em novembro de 2008, chegou no domingo à Argentina, onde cumpre uma agenda que inclui a assinatura de acordos de cooperação com seu colega de Buenos Aires, Mauricio Macri, e reuniões com empresários, dirigentes políticos e legisladores.

Ledezma viu suas atribuições reduzidas pelo governo de Chávez, que, em abril passado, designu uma chefe de governo apra o Distrito Capital de Caracas. Para esta chefe, que não foi eleita por voto popolar, foram transferidas quase todas as competências e recursos da prefeitura.

lt/pz/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG