O preço do barril de petróleo bateu recordes sucessivos nesta quarta-feira, chegando a ser negociado no pico histórico de US$ 134,10 no pregão eletrônico. Na Bolsa de Nova York, o barril com entrega para julho fechou o dia em US$ 133,17, um aumento de US$ 4,19 ou 3,25%.

A alta desta quarta-feira, a maior acumulada em um só dia desde 26 de março, foi em boa parte puxada pela divulgação de um relatório do Departamento de Energia dos Estados Unidos mostrando que os estoques de petróleo caíram mais do que o esperado na semana passada.

A alta do petróleo das últimas semanas vem sendo associada aos temores do mercado quanto aos estoques do produto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.