SANTIAGO - A jornalista chilena Pamela Jiles, pré-candidata à Presidência para as eleições nacionais de dezembro deste ano, realizou nesta quarta-feira uma inusitada sessão fotográfica diante do Palácio do Governo, para reivindicar os direitos dos homossexuais e transexuais.

Vestida com um uniforme militar, Jiles, que precisa conseguir 40 mil assinaturas para concorrer oficialmente ao cargo, fez poses ousadas junto com uma modelo seminua, diante do olhar atônito de dezenas de curiosos.

A jovem modelo foi detida pela polícia local e transferida a uma delegacia próxima. As fotos servirão para ilustrar a capa do próximo número de uma revista dirigida ao público homossexual.

"As mudanças profundas no Chile só acontecem porque incluem a aceitação de todos os nossos irmãos, entre eles um altíssimo percentual de homossexuais e transexuais", declarou Jiles à imprensa.

Assista ao vídeo da performance em Santiago:

Leia mais sobre Chile

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.