Pequim, 21 ago (EFE).- Com a medalha de prata conquistada por Robert Scheidt e Bruno Prada na classe star da vela, o Brasil ganhou seis posições no quadro geral de medalhas nos Jogos Olímpicos de Pequim.

O país foi da 41ª para a 35ª colocação, ultrapassando Tailândia, Mongólia, Estônia, Finlândia, Indonésia e Bulgária.

Os brasileiros terminaram em terceiro na medal race da classe, que tem valor dobrado. Scheidt e Prada chegaram à disputa em terceiro lugar no geral, com 47 pontos perdidos.

A conquista coloca a vela como a modalidade que mais deu medalhas ao Brasil na história dos Jogos Olímpicos, com 16 - desempatando com o judô, que tinha chegado aos 15 com os três bronzes na capital chinesa.

Esta é a quarta medalha olímpica na carreira de Robert Scheidt: ele foi duas vezes ouro na classe laser, nos Jogos de 1996 e 2004, e ficou com a prata nos de 2000. Já Bruno Prada disputava sua primeira edição da competição.

Scheidt também se torna o primeiro brasileiro a conquistar medalhas em quatro edições consecutivas dos Jogos Olímpicos. EFE fr/rd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.