grave erro de porta-voz sobre operação israelense em Gaza - Mundo - iG" /

Praga admite grave erro de porta-voz sobre operação israelense em Gaza

O ministro tcheco das Relações Exteriores, Karel Schwarzenberg, admitiu neste domingo em Praga o grave erro cometido por um porta-voz da presidência tcheca da União Européia (UE), que qualificara na véspera de defensiva a operação terrestre israelense na Faixa de Gaza.

AFP |

"Foi um erro pessoal. Infelizmente, foi um erro muito grave", declarou Schwarzenberg durante um debate divulgado pela rede de TV pública CT1.

Jiri Frantisek Potuznik, porta-voz do primeiro-ministro tcheco, Mirek Topolanek, para a presidência da UE, afirmara no sábado que a operação israelense era "mais defensiva do que ofensiva".

"Trata-se do cruzamento da fronteira de Gaza. Não há violência, nem vítimas. Estamos aguardando informações suplementares, e esperamos mais detalhes", declarara o porta-voz à AFP.

Pouco tempo depois, a chancelaria tcheca publicara uma mensagem afirmando que Israel "não tem o direito de conduzir ações militares que afetam amplamente os civis".

"A única declaração válida da presidência da UE é a que foi publicada pelo ministério das Relações Exteriores. A primeira declaração não passa de um mal-entendido", insistiu Schwarzenberg neste domingo.

"Foi um erro pessoal, poderia ter acontecido com qualquer um. Ele (o porta-voz) assumiu o erro, e ponto final", encerrou o ministro, para quem "a República Tcheca não precisa pedir desculpas" pelo sucedido.

Schwarzenberg decola na tarde deste domingo junto com uma missão da UE rumo ao Cairo, em uma viagem que também o levará a Jerusalém, Ramallah e Amã.

O chefe da diplomacia européia, Javier Solana, integra a delegação, assim como os chanceleres sueco, Carl Bildt, e francês, Bernard Kouchner.

jma/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG