Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Poucos resultados em reunião entre as Coreias

Coreia do Norte e Coreia do Sul não conseguiram resultados concretos em uma reunião nesta quinta-feira, o primeiro encontro bilateral de alto nível entre os dois países em sete meses, a nível militar.

AFP |

Acordo Ortográfico "A reunião terminou com poucos avanços", afirmou uma fonte sul-coreana que pediu anonimato.

O chefe da delegação norte-coreana, Pak Rim-Su, declarou que a Coréia do Sul "não está preparada para resolver os problemas".

As conversações, por iniciativa da Coreia do Norte, aconteceram em Panmunjom, na zona desmilitarizada que separa os países.

O regime de Pyongyang suspendeu os contatos bilaterais após a posse do presidente sul-coreano Lee Myung-Bak, que prometeu endurecer a política com o Norte.

Lee condicionou a ajuda econômica de seu país a avanços comprováveis no fim do programa nuclear da Coreia do Norte, o que foi interpretado como "uma declaração de guerra" por Pyongyang, que denunciou o "traidor Lee" e sua suposto servilismo aos Estados Unidos.

As relações pioraram em julho, quando soldados norte-coreanos mataram um turista sul-coreano que entrou na zona fechada da Coreia do Norte.

A reunião desta quinta-feira aconteceu em mais um momento de tensão, depois do anúncio da Coreia do Norte de que pretende reativar a central nuclear de Yongbyon, em violação aos acordos internacionais.

Leia mais sobre Coreia do Sul - Coreia do Norte

Leia tudo sobre: coréia do nortecoréia do sul

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG