Potências não chegam a acordo sobre míssil norte-coreano

As seis potências mundiais concluíram uma nova rodada de discussões sem chegar a um acordo, nesta quinta-feira, sobre o lançamento de um míssil norte-coreano de longo alcance, enquanto que um alto funcionário japonês pediu uma resposta rápida e adequada.

AFP |

Representantes dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Reino Unido, China, França, Rússia e Estados Unidos) e do Japão discutiram, a portas fechadas, por 45 minutos.

A sessão terminou sem um acordo entre as partes sobre um texto para responder ao lançamento do foguete norte-coreano Taepodong-2, em 5 de abril, que passou sobre o Japão.

"Tivemos uma reunião produtiva", disse a embaixadora americana na ONU, Susan Rice, destacando que "nosso trabalho continua".

Seu colega japonês na Casa, Yukio Takasu, também descreveu o diálogo como "produtivo" e disse que os seis diplomatas "concordaram em continuar com as consultas" sobre o que chamaram de "uma ação muito séria" da Coreia do Norte.

Não se informou, porém, quando os seis, ou o Conselho de Segurança, com seus 15 membros, voltarão a se reunir.

ga/tt

    Leia tudo sobre: coréia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG