Posto do exército é atacado no Paquistão

Militantes do Taleban chegaram armados com fuzis e granadas de mão. Pelo menos 15 morreram

iG São Paulo |

Um posto do exército paquistanês foi atacado neste domingo (18) no noroeste do país e, de acordo com as autoridades da região, 15 pessoas morreram. Militantes do Taleban chegaram armados com fuzis e granadas de mão, matando quatro membros da tribo pashtun e um soldado.

Integrantes da milícia tribal e as forças de segurança retaliaram, matando 10 militantes, disse um alto funcionário do governo na região de Khyber, próxima a fronteira afegã, onde o incidente ocorreu.

Após o ataque, as forças de segurança paquistanesas lançaram na noite de sábado uma contra-ofensiva na área. O incidente aconteceu ao sul da cidade de Peshawar, no distrito de Bara, uma região de fronteira com o Afeganistão e onde vários grupos armados que operam em ambos os lados da fronteira têm suas fortificações.

A área é frequente cenário de atentados terroristas e confrontos armados entre as organizações insurgentes e as forças de segurança paquistanesas, que realizam campanhas periódicas para limpar a área dos rebeldes.

Na região também são registrados ataques de aviões norte-americanos não tripulados que bombardeiam posições de milicianos talibãs e grupos afins.

***Com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: ataquepaquistãotaleban

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG