ótima notícia , diz Kouchner - Mundo - iG" /

Possível rendição de membros das Farc seria ótima notícia , diz Kouchner

Paris, 25 mai (EFE).- O ministro francês de Assuntos Exteriores, Bernard Kouchner, considerou hoje que seria uma ótima notícia a rendição de membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que mantêm reféns seqüestrados, entre eles Ingrid Betancourt.

EFE |

O chanceler francês alertou, no entanto, que um possível ataque para conseguir a libertação dos detidos colocaria a vida dos reféns em perigo.

"O que disse o presidente (colombiano Álvaro) Uribe - que certos membros das Farc que têm reféns, entre eles Ingrid Betancourt, estão dispostos a se render - é uma ótima notícia", disse Kouchner à imprensa francesa no Líbano onde assistia à eleição do novo presidente do Líbano, Michel Suleiman.

Ele considerou, no entanto, em declarações emitidas pela emissora "France Info", que a má notícia seria um ataque ao lugar onde estão esses reféns, "já que nesse caso se coloca em risco a vida dos reféns".

Kouchener destacou, entretanto, que essa não foi a mensagem transmitida pelo presidente Uribe.

O presidente da Colômbia disse ontem que guerrilheiros das Farc se mostraram interessados em se desmobilizar e liberar a ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt, e outros seqüestrados em troca de uma contrapartida.

Uribe lembrou que existe um fundo de US$ 100 milhões para os guerrilheiros que aceitem se desmobilizar e liberem seqüestrados, e que seu Governo realiza negociações para que os guerrilheiros possam ser transferidos para território francês para garantir sua liberdade condicional.

A França havia se mostrado disposta a receber guerrilheiros das Farc, e hoje fontes do Ministério francês de Exteriores reiteraram a oferta.

Sobre o anúncio da morte do máximo líder das Farc, Manuel Marulanda, conhecido como "Tirofijo", Kouchner se mostrou cauteloso, tendo em vista que, no momento em que fez as afirmações, a guerrilha ainda não havia confirmado o incidente. EFE ac/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG