Possível premier diz que doença de líder norte-coreano ameaça Japão

Tóquio, 20 set (EFE).- O japonês Taro Aso, favorito para se tornar na próxima quarta-feira primeiro-ministro de seu país, disse hoje que os supostos problemas de saúde do líder norte-coreano, Kim Jong-il, podem constituir uma ameaça para o Japão.

EFE |

Aso, que foi chanceler e é considerado duro em política externa, ressaltou que "é muito perigoso ver que o líder de um país ambíguo se mostra instável", segundo informou a agência local "Kyodo".

Segundo Aso, o Japão deve estar "preparado para fazer frente" a uma situação na Coréia do Norte derivada de uma mudança na liderança do país comunista.

Kim Jong-il não é visto em público desde 14 de agosto e, em 9 de setembro, não foi ao desfile de aniversário de seu país, gerando especulações sobre seu estado de saúde. EFE psh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG