Posse de Obama faz disparar venda de armas nos EUA

As vendas de armas nos Estados Unidos dispararam nos últimos meses, devido ao receio de que a administração do presidente Barack Obama restrinja a compra de armamento nos EUA.

AFP |

"Apesar da crise econômica, as vendas de armas seguem crescendo", afirmou a Fundação Nacional de Esportes de Tiro nesta quarta-feira.

Segundo o FBI, a venda de armas cresceu 24% no mês de dezembro, quando foram vendidas 1,5 milhão de unidades. Em novembro, a alta foi ainda mais espetacular, de 42%, o que constituiu um recorde.

Em todo o ano de 2008, foram vendidas 12,709 milhões de armas nos Estados Unidos, sem contar as armas compradas em feiras, que não exigem verificação de antecedentes criminais.

Leia mais sobre: Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG