golpe de Estado - Mundo - iG" /

Porta-voz qualifica detenção do presidente mauritano de golpe de Estado

Nuakchott, 6 ago (EFE).- O porta-voz da Presidência mauritana, Abdoulaye Mamadou Ba, qualificou hoje de golpe de Estado contra a legitimidade a detenção do presidente Sidi Mohammed Ould Cheikh Abdallahi, e do primeiro-ministro Yahya Ould Ahmed el-Waghef, pelos chefes do Exército.

EFE |

"O presidente destituiu, segundo suas prerrogativas, o chefe do Estado-Maior do Exército, general Mohammed el-Ghazuani e o chefe da Guarda Presidencial, general Mohammed Ould Abdelaziz, e estes últimos detiveram Ould Cheikh Abdallahi e Waghef", disse o porta-voz.

Mamadou Ba acrescentou que "os chefes do Exército entraram no palácio presidencial, levaram o presidente e o primeiro-ministro para um quartel do Estado-Maior, cortaram todas as comunicações e não permitiram que os funcionários do palácio presidencial chegassem a seus escritórios".

As detenções ocorreram depois que o chefe do Estado mauritano nomeou hoje à frente do Exército o coronel Abderahman Ould Bakr em substituição ao general Ghazuani.

Também nomeou o coronel Mohammed Ahmed Ould Ismail à frente da guarda presidencial, em substituição ao general Ould Abdelaziz. EFE mo/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG