defensiva - Mundo - iG" /

Porta-voz da UE se desculpa por qualificar a invasão de Gaza de defensiva

Um porta-voz da presidência de turno da União Européia, a República Tcheca, desculpou-se domingo da declaração da véspera, segundo a qual a invasão terrestre por Israel da Faixa de Gaza era ação mais defensiva que ofensiva.

AFP |

As desculpas vieram depois que o chanceler tcheco, Karel Schwarzenberg, considerou o comentário original "um erro muito sério", mas totalmente pessoal, que não tinha a ver com a República Tcheca enquanto país e sede da presidência da UE desde 1º de janeiro.

Jiri Frantisek Potuznik, porta-voz do primeiro-ministro tcheco Mirek Topolanek durante a presidência semestral da UE, publicou neste domingo um pedido de desculpas no portal da entidade na internet.

"Quero pedir desculpas pelo mal-entendido ocorrido no dia 3 de janeiro de 2009 sobre a reação da presidência tcheca às ações das forças terrestres israelenses na Faixa de Gaza, segundo as quais as operações pareciam ser vistas como ação de autodefesa", escreveu o porta-voz.

Sábado, Potuznik disse à AFP que "neste momento, compreendemos que este ato faz parte de uma ação defensiva de Israel (...) Entendemos que é mais defensiva que ofensiva, e essa é a posição do primeiro-ministro tcheco da presidência da UE".

A esta declaração seguiu-se imediatamente outra do ministério tcheco das Relações Exteriores destacando que "nem sequer o inegável direito de um Estado de defender-se autoriza ações que afetem em massa a população civil".

O chanceler tcheco fez um apelo a que seja "facilitada a ajuda humanitária aos moradores de Gaza, e à instauração do cessar-fogo".

pvh/jo/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG