Ronald Reagan substitui Eisenhower em missão no Afeganistão - Mundo - iG" /

Porta-aviões Ronald Reagan substitui Eisenhower em missão no Afeganistão

Washington, 6 jul (EFE).- A flotilha de guerra do porta-aviões Ronald Reagan substituiu hoje a do Eisenhower no comando da força naval americana que apoia as operações no Afeganistão, informou hoje o Pentágono.

EFE |

O navio "Chancellorsville", equipado com mísseis guiados, uniu-se à força naval que inclui os destróieres "Decatur", "Howard" e "Gridley", além da fragata "Thach", todos eles equipados com o mesmo tipo de míssil.

Segundo o Pentágono, a missão permanente desta frota é "impedir as atividades desestabilizadoras e garantir a ordem marítima legal no Golfo Arábico, Mar de Arábia, Golfo de Omã, Golfo de Áden e Mar Vermelho".

O "Ronald Reagan" retorna à missão que desempenhou um ano atrás.

Segundo disseram seus oficiais ao Serviço de Imprensa das Forças Armadas, os comandantes "entendem que as condições no Afeganistão mudaram e há normas mais estritas para minimizar as baixas civis".

O comandante do grupo de batalha, contra-almirante Scott Hebner, disse ao serviço que "os mais de 7.500 militares na força estão ansiosos para cumprir sua missão".

O "Eisenhower" e seu grupo de batalha operavam na área desde março. Alguns de seus navios desempenharam papel relevante nas operações contra piratas, incluindo o "Brainbridge", que participou diretamente do resgate do capitão Richard Phillips, capturado por piratas somalis. EFE jab/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG