Popularidade de Silvio Berlusconi aumenta após ser agredido

ROMA - O índice de aprovação do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, voltou a situar-se acima dos 50%, após o ataque sofrido por ele no último domingo, quando um homem atirou uma réplica da catedral de Milão em seu rosto. O premiê quebrou o nariz, dois dentes e feriu o lábio.

iG São Paulo |


Uma pesquisa do jornal Corriere della Sera aponta que a popularidade do primeiro-ministro está na casa dos 55,9%. Em novembro, o índice de aprovação era de 48,6%.

Neste domingo, Berlusconi disse que seguirá adiante pelo bem do país, em mensagem aos presentes a uma manifestação em solidariedade a ele, realizada em Verona.

"Estas manifestações de solidariedade me dão um empurrão para seguir adiante e apoiar nosso compromisso pelo bem do país", disse Berlusconi por telefone a um dos líderes da marcha, dizendo-se "comovido".

"O amor vence a inveja e o ódio", acrescentou Berlusconi, explicando que esta é a mensagem que seu partido "está levando a toda a Itália".

Reprodução

Silvio Berlusconi instantes após ser atacado no rosto

Após quatro dias de hospitalização, Berlusconi se encontra em sua residência em Arcore, nos arredores de Milão. Os médicos lhe recomendaram que fique em repouso durante pelo menos 15 dias.

Primeiro ministro italiano pela terceira vez, Silvio Berlusconi é um dos homens mais ricos do mundo, e também um dos políticos mais polêmicos da história recente na Europa. Esta condição ele alcançou por ações políticas, como o apoio à invasão dos Estados Unidos ao  Iraque, e por sua conduta pessoa, repleta de histórias envolvendo festas e prostitutas.

Com Reuters e EFE

Leia mais sobre Silvio Berlusconi

    Leia tudo sobre: berlusconiitália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG