Popularidade de Sarkozy atinge nível mais alto em seis meses

PARIS (Reuters) - A popularidade do presidente francês, Nicolas Sarkozy, atingiu em agosto o índice mais elevado em seis meses, após suas viagens a áreas de conflito como Afeganistão e Geórgia, indicou uma pesquisa que será publicada amanhã. O instituto Ipsos anunciou em seu site que 44 por cento dos entrevistados têm uma opinião favorável a Sarkozy, alta de 5 pontos percentuais em relação ao mês passado. Em contrapartida, 52 por cento têm uma avaliação negativa do presidente, uma queda de 5 pontos na comparação com julho.

Reuters |

No início do ano, a popularidade de Sarkozy atingiu baixa recorde para um presidente francês em seu primeiro ano de mandato, afetada pela percepção de que ele devotava atenção excessiva ao romance com a ex-modelo Carla Bruni, com quem se casou em fevereiro passado.

O Ipsos ainda não analisou a pesquisa, que será publicada na revista semanal Le Point. A sondagem foi realizada entre 22 e 23 de agosto, logo depois de Sarkozy voar para Cabul para homenagear dez soldados franceses mortos no Afeganistão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG