Popularidade de Governo japonês supera 40% após remodelação de gabinete

Tóquio, 3 ago (EFE).- O índice de popularidade do Governo do Japão subiu para 41,3%, depois que o primeiro-ministro Yasuo Fukuda decidiu mudar, na sexta-feira, 13 de seus 17 ministros, segundo o diário japonês The Daily Yomiuri.

EFE |

No início do mês passado, a popularidade do Governo japonês rondava os 25%, mas após a remodelação do gabinete governamental, superou os 40%.

No entanto, segundo uma enquete realizada pelo diário japonês, a taxa de oposição popular ao Governo de Fukuda continua alta, próxima aos 47%.

Entre os 1.745 eleitores entrevistados, 66% se mostraram de acordo com a nomeação de Taro Aso, ex-ministro de Exteriores que disputou com Fukuda o posto de chefe de Governo, como secretário-geral do Partido Liberal Democrático (PLD).

No entanto, 72% dos participantes da pesquisa disseram que sua opinião sobre Fukuda não tinha mudado com a remodelação, e apenas 12% disseram acreditar em uma imagem melhor do primeiro-ministro.

Cerca de 88% dos indagados disseram ainda que o novo gabinete deve ter como prioridade ocupar-se do aumento da inflação, e 82% assinalaram a necessidade de solucionar o problema das pensões.

Nas próximas eleições à Câmara Baixa, que serão realizadas até setembro do ano que vem, 34% dos indagados disseram que votariam no opositor Partido Democrático do Japão (DPJ), enquanto 31% declararam que escolheriam o governante PLD, segundo o "Daily Yomiuri".

Fukuda mudou, na última sexta-feira, 13 de seus 17 ministros, dentre os quais todos os responsáveis da área econômica, mas manteve dois de seus principais nomes, o ministro porta-voz, Nobutaka Machimura, e o titular de Exteriores, Masahiko Komura. EFE icr/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG