Popularidade de Cristina Kirchner cai para 19,9%, diz pesquisa

BUENOS AIRES (Reuters) - A popularidade da presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, que há quase 100 dias enfrenta um protesto agrícola, caiu para 19,9 por cento em junho, segundo uma pesquisa divulgada na terça-feira. Em maio, a popularidade da presidente era de 23 por cento. Segundo o levantamento da Giacobbe y Asociados, que consultou 1.000 pessoas, a imagem positiva de Kirchner era de 30 por cento há 60 dias.

Reuters |

A imagem negativa da presidente era de 50,8 por cento no dia 13 de junho, quando foi concluída a pesquisa. Em maio, 41 por cento tinham uma imagem negativa de Cristina e 32 por cento 60 dias antes.

A pesquisa foi realizada entre os dias 1 e 13 de junho na cidade de Buenos Aires e nas províncias de Buenos Aires, Santa Fe, Córdoba, Mendoza, Corrientes e Rio Negro.

O setor agrícola protesta por uma alta de impostos às exportações, e na quarta-feira fará sua quarta paralisação desde março, o que implica na não comercialização de grãos e inclui bloqueios de estradas.

(Reportagem de Lucas Bergman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG