Roma, 21 jul (EFE).- A popularidade do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, caiu quatro pontos percentuais nos últimos dois meses, após os escândalos pelas festas com prostitutas de luxo, segundo uma pesquisa publicada hoje pelo diário La Repubblica.

A pesquisa, realizada pelo instituto Ipr Marketing, assinala que o apoio dos italianos ao líder conservador no mês de julho ficou pela primeira vez abaixo dos 50%, desde que ele chegou ao poder, em maio de 2008.

Segundo a enquete, "apenas" 49% dos ouvidos disseram confiar em Berlusconi, contra 53% em maio.

Segundo o "La Repubblica", a queda é motivada pelos escândalos em que ele se viu envolvido, com festas em sua casa na Sardenha com amigos e mulheres e jantares em sua casa de Roma com prostitutas de luxo, das quais algumas asseguram ter mantido relações íntimas com o primeiro-ministro. EFE ebp/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.