Popularidade de Bachelet fica ilesa após terremoto no Chile

SANTIAGO (Reuters) - A popularidade da presidente chilena, Michelle Bachelet, permaneceu ilesa depois do devastador terremoto do dia 27 de fevereiro, apesar de duras críticas sobre a falta de coordenação e a demora para distribuir ajuda, revelou uma pesquisa nesta terça-feira. Segundo a pesquisa de opinião Adimark Gfk, Bachelet -- que entregará o posto ao presidente eleito, Sebastián Piñera, na quinta-feira -- manteve em março os mesmos 84 por cento de aprovação que recebeu em fevereiro.

Reuters |

"A presidente Bachelet sai ilesa do desastre", indicou a pesquisa realizada entre os dias 3 e 6 de março, depois do devastador terremoto de magnitude 8,8 que deixou cerca de 500 mortos identificados até agora e grandes danos materiais.

A pesquisa considerou 1.129 entrevistas telefônicas e tem margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

(Reportagem de Rodrigo Martínez)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG