Populares que participavam de greve na cidade peruana de Moquegua (sul) libertaram agora à tarde os últimos 48 policiais que mantinham como reféns desde segunda-feira, entre eles o comandante da corporação, informou a Defensoria do Povo.

O general Alberto Jordán e seus homens foram capturados durante violentos choques em torno da ponte de Montalvo, na rodovia Pan-Americana, bloqueada por manifestantes.

A população de Moquegua exige do governo uma divisão mais equitativa do imposto cobrado à mineradora Southern Peru, controlada pelo Grupo México, que explora jazidas de cobre na região.

rm/cd/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.