População mundial passará de 7 bilhões em 2012

Washington, 19 jun (EFE) - A população mundial chegará aos sete bilhões em 2012, segundo a última projeção do Escritório do Censo americano, na qual analisa diferentes fatores que afetam o crescimento demográfico em 226 países.

EFE |

Assim, em 13 anos a população mundial passará a ter um bilhão de habitantes a mais.

Segundo este organismo, atualmente há 6,7 bilhões de pessoas no mundo, e os países mais povoados são China, Índia e Estados Unidos, nesta ordem.

A população mundial superou seis bilhões em 1999, o que significa que só terá 13 anos para acrescentar um bilhão de pessoas a esse número.

No entanto, o Escritório assinalou que a população mundial está crescendo a um ritmo mais lento na primeira metade do século XXI que durante a segunda metade do século XX, época na qual a população dobrou.

Segundo o relatório, a população passou dos três bilhões de pessoas registradas em 1959 às seis bilhões em 1999.

Atualmente, o Escritório situa o crescimento da população mundial em 1,2% ao ano e prevê que diminua para 0,5% em 2050.

No entanto, este crescimento se concentra nos países menos desenvolvidos.

Outro dos fatores que influenciam no crescimento do número de habitantes no planeta é o aumento da esperança de vida.

Cerca de 1,5% da população mundial atual tem 80 anos ou mais, -dos quais mais da metade vivem nos países desenvolvidos-, e prevêem que até 2050 o número aumente para 5% do total da população.

Para então, os especialistas calculam que 10% da população nos países desenvolvidos terão mais de 80 anos e que três em cada quatro idosos viverão nos países menos desenvolvidos.

As estimativas e projeções demográficas mundiais incluem o impacto do HIV e da aids.

Dos 34 países atualizados nesta revisão, nove se encontram afetados por esta pandemia (Benin, Costa do Marfim, Eritréia, Etiópia, Guiné, Nigéria, África do Sul, Zimbábue e República Centro-Africana).

O Escritório do Censo oferece informação sobre o crescimento da população, para o que analisa a composição por idade, sexo, a mortalidade, a fecundidade e a migração líquida de 226 países. EFE elv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG