Jerusalém, 14 jan (EFE).- Milhares de habitantes da cidade israelense de Ashdod, ao sul de Tel Aviv, estão fechados em suas casas por temerem ser contaminados por uma nuvem tóxica causada pela explosão de uma fábrica de produtos químicos da cidade.

Fontes do serviço de emergência de Israel afirmaram que duas pessoas sofreram ferimentos de diferente consideração como conseqüência da inalação da fumaça e foi ordenado a toda a população da cidade e dos arredores que se feche em casa e tampe frestas de portas e janelas.

A explosão foi registrada na fábrica Agam Químicos por razões desconhecidas, mas se descartou que se devesse à queda de algum foguete disparado da Faixa de Gaza, informou a Polícia.

Desde o início da ofensiva israelense em Gaza em dezembro, algumas milícias palestinas lançaram dezenas de foguetes de médio alcance contra esta e outras cidades situadas a até 40 quilômetros de Gaza.

Dezenas de ambulâncias e caminhões de bombeiros, assim como especialistas em poluição ambiental do Ministério do Meio Ambiente, seguiram para Ashdod para ajudarem a apagar o incêndio e prevenirem uma possível catástrofe. EFE elb/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.