A Polônia está convencida de que os Estados Unidos discutem com a Lituânia a instalação neste país de elementos do escudo antimísseis americano, afirmou à AFP o vice-ministro das Relações Exteriores polonês, Witold Waszczykowski.

"Nós sabemos que há conversações", declarou Waszczykowski, que é o principal negociador do projeto americano na Polônia.

As autoridades lituanas negaram as discussões, mas os Estados Unidos não descartam a possibilidade de que Lituânia substitua a Polônia em caso de fracasso nas conversaçõe com Varsóvia.

Waszczykowski considera que as discussões com a Lituânia podem ser um meio de pressão dos americanos para obter progressos nas negociações com a Polônia.

Recentemente, altos funcionários poloneses afirmaram que o presidente George W. Bush manifestou o desejo de concluir as negociações antes das eleições americanas de novembro.

Washington negocia com Varsóvia há um ano a instalação em seu território de elementos do escudo antimísseis destinado a enfrentar eventuais ataques de países como o Irã. Os Estados Unidos pretendem instalar outro elemento do escudo - um radar - na República Tcheca.

As negociações com as autoridades tchecas chegaram ao fim com êxito em abril.

sw/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.