PARIS - Políticos franceses querem aumentar os impostos sobre alimentos prejudiciais à saúde e diminuí-los sobre frutas e vegetais para combater a obesidade.

Acordo Ortográfico

A ministra da saúde, no entanto, não gostou da idéia.

Um relatório parlamentar publicado na terça-feira ofereceu mais de 70 formas de se combater a obesidade.

Uma delas seria aumentar os impostos de 5.5% para 19.6% sobre barras de chocolate, salgadinhos e outros "lanches". Por outro lado, os impostos seriam reduzidos de 5.5% para 2% sobre frutas e vegetais.

A ministra da saúde Roselyne Bachelot disse que as tentativas de se combater a obesidade "não deveriam ser dirigidas desta forma" e que este tipo de imposto atingiria a casa das pessoas mais pobres num momento de incerteza econômica.

O relatório, que não é definitivo, também sugere a proibição de gorduras trans.

Leia mais sobre obesidade

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.