Político dos EUA que escondeu dinheiro em geladeira é condenado por corrupção

Washington, 5 ago (EFE).- Um tribunal federal do estado americano da Virgínia considerou hoje o ex-legislador democrata William Jefferson como culpado dois anos de ter sido surpreendido escondendo dinheiro na geladeira.

EFE |

Fontes judiciais informaram que Jefferson, de 62 anos, foi declarado culpado de 11 das 16 acusações de corrupção contra si.

Três das acusações foram por lavagem de dinheiro, quatro por suborno, outras três por fraude eletrônica e mais outra por demais atividades criminosas.

Jefferson foi acusado depois que agentes federais encontraram US$ 90 mil na geladeira de sua casa.

Segundo as autoridades, esse dinheiro correspondia a um pagamento feito por um agente federal disfarçado.

Jefferson utilizou sua influência como legislador entre 2001 e 2005 para pedir e receber centenas de milhares de dólares em troca de promover produtos e serviços, principalmente na África, de acordo com a acusação.

O legislador perdeu a reeleição como membro da Câmara de Representantes após ocupar uma cadeira nessa casa do poder Legislativo americano durante 18 anos. EFE ojl/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG