O policial que na noite de sábado matou a tiros o adolescente grego Andreas Grigoropulos foi detido neste domingo e acusado de homicídio doloso, indicou uma fonte policial.

O agente, identificado como Epaminondas Korkoneas, de 37 anos, disparou três tiros, atingindo com um deles o jovem Andreas, de 15 anos. Korkoneas está detido na Diretoria da Polícia de Atenas, segundo a mesma fonte.

O juiz de instrução deu ao policial três dias para depor.

O promotor entrou com um processo por "cumplicidade" contra o policial Vassilis Saraliotis, de 31 anos, que estava junto com Korkoneas na hora do incidente. Saraliotis também foi detido.

Em Patras (oeste), um policial ficou ferido neste domingo e vários carros foram incendiados por manifestantes que protestavam contra a morte do adolescente.

O incidente aconteceu às 21H00 horário local de sábado (19H00 GMT). Andreas Grigoropulos foi atingido quando atirava pedras e outros objetos contra uma viatura da polícia junto com um grupo de cerca de 30 jovens.

hec/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.