Policial fica gravemente ferido em atentado em Atenas

Atenas, 5 jan (EFE).- Um agente ficou hoje gravemente ferido em um atentado cometido por pelo menos três homens armados contra um ônibus da Polícia em Exarhia, o bairro de Atenas que foi cenário de graves distúrbios em dezembro passado.

EFE |

Segundo a Polícia, Adamantios Mantzunis, de 21 anos, estava de guarda do lado de fora do Ministério de Cultura quando, por volta das 3h, pistoleiros atacaram um ônibus de uma unidade antidistúrbios estacionado nas proximidades.

Mantzunis levou um tiro no peito e outro na coxa, e, segundo fontes do hospital para onde foi levado, teve que fazer uma cirurgia.

No local do atentado, os peritos da Polícia encontraram 31 cápsulas de balas, 27 de fuzil e quatro de revólver, informou o canal estatal "NET".

O bairro foi isolado e 72 pessoas foram detidas para serem interrogadas, informaram a emissora "Skai" e "NET".

Após visitar o policial ferido no hospital, o ministro do Interior grego, Prokopis Pavlopulos, disse que "os responsáveis do ato compreenderão em breve que não permitiremos que sejam prejudicadas a democracia e a paz social".

Exarhia é um bairro do centro de Atenas, ponto de encontro de grupos de radicais e onde o adolescente Alexandros Grigoropoulos morreu, em 6 de dezembro, devido aos disparos de um agente.

A morte de Grigoropoulos desencadeou uma onda de distúrbios em todo o país, com confrontos entre a Polícia e radicais.

Desde o início dos distúrbios, em dezembro, a Polícia foi alvo de outros dois ataques com armas contra veículos de transporte de pessoal, sem o registro de feridos. EFE afb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG