Policial encarregado da proteção do Papa se fere acidentalmente

Um policial de uma unidade de elite australiana encarregada da proteção do Papa Bento XVI feriu-se acidentalmente com uma granada destinada a aturdir pessoas suspeitas que, eventualmente, consigam chegar junto ao Santo Padre, anunciou a polícia nesta segunda-feira.

AFP |

"O oficial sofreu um ferimento na mão e teve um dedo fraturado, após ter ativado o que parece ser uma granada por acidente", declarou à AFP o porta-voz da polícia local.

O incidente aconteceu quanto o policial se prepararava para trabalhar na parte externa do centro de estudos do Opus Dei, o prédio da periferia de Sydney onde o Papa repousa.

Mas, segundo a polícia, não há nenhum problema maior de segurança.

ml/sst/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG