Policiais sikhs querem turbantes a prova de balas

Os agentes da polícia britânica de origem sikh querem que o governo desenvolva turbantes a prova de balas, revela nesta sexta-feira a imprensa da Grã-Bretanha.

AFP |

Os agentes sikhs estão isentos de usar o capacete regulamentar porque sua religião impõe o turbante, mas isto implica que não podem trabalhar como policiais armados devido ao risco.

O inspetor Gian Singh Chahal, vice-presidente da recém-formada British Police Sikh Association, disse que o ministério do Interior precisa atender a este pedido como reconhecimento do papel dos siks na polícia britânica, revela o jornal The Guardian.

Os agentes siks não podem servir como agentes com armas de fogo "porque nossa religião não nos permite tirar o turbante", explicou Chahal.

ar/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG