Policiais e militares brasileiros e bolivianos farão exercícios conjuntos

Policiais e militares do Brasil e da Bolívia realizarão exercícios conjuntos nos primeiros dois meses de 2009 em zonas fronteiriças, a fim de consolidar a confiança mútua no combate a crime, anunciou, em La Paz, o ministro boliviano da Defesa, Walker San Miguel.

AFP |

"O exercício conjunto tem o objetivo de realizar treinamentos, ações dissuasivas, integração de forças e buscar métodos para melhorar as intervenções contra as atividades ilícitas", afirmou San Miguel, citado pela imprensa local, ao detalhar o resultado de sua viagem a Brasília na terça e na quarta-feira.

Na capital brasileira, ele se reuniu com seu colega, o ministro Nelson Jobin, com quem coordenou a realização das ações nas zonas localizadas entre o departamento boliviano de Santa Cruz e o estado de Mato Grosso.

Está previsto que, dos exercíciosm participarão policiais e militares do Exército, Força Aérea e Naval, perto dos povoados bolivianos fronteiriços de Puerto Suárez e Corumbá.

A Bolícia compartilha com o Brasil uma fronteira de 3.400 km e vários povoados, como Puerto Suárez (extremo leste) e Cobija (extremo norte) são pontos neuvrálgicos do tráfico de drogas.

jac/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG