Policiais brasileiros invadem Paraguai

ASSUNÇÃO - A Chancelaria paraguaia convocou hoje o embaixador brasileiro em Assunção, Valter Pelcy Moreira, para protestar formalmente contra a invasão de policiais brasileiros que não respeitaram a fronteira quando perseguiam uma mulher suspeita de roubar um carro.

Ansa |

O chanceler Rubén Ramírez Lezcano afirmou que a suspeita de um roubo "não é motivo suficiente" para se violar a soberania territorial de um país.

O fato ocorreu em Pedro Juan Caballero (a 530 quilômetros de Assunção), cidade que faz fronteira com o Brasil. Segundo diversas fontes, os policiais brasileiros não negaram a entrada no Paraguai, mas disseram não saber que estavam em outro país. Pensaram estar na "terra de ninguém", como se costuma chamar essa parte da fronteira.

Após a reunião com o chanceler paraguaio, o embaixador brasileiro afirmou que desconhecia o incidente, mas pediu desculpas ao governo assim que soube. O embaixador Moreira informou que falará com as autoridades brasileiras responsáveis para que se inicie uma investigação sobre o caso.

Leia mais sobre: Paraguai

    Leia tudo sobre: paraguai

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG