Cabul, 3 ago (EFE).- Pelo menos dois policiais e dez civis morreram hoje e outras 20 pessoas ficaram feridas vítimas de um atentado registrado na cidade afegã de Herat, oeste do país.

O atentado ocorreu esta manhã em um cruzamento próximo ao centro da cidade e tinha como objetivo o comboio o chefe da Polícia do distrito de Injil, que ficou ferido, disse à Agência Efe o porta-voz policial de Herat, Noor Ahmad Nikzad.

Segundo Nikzad, o explosivo foi acionado por um dispositivo de controle remoto, embora outra fonte policial tenha explicado em um primeiro momento que o ataque foi perpetrado por um terrorista suicida.

O ataque aconteceu às 8h15 da manhã (0h45 de Brasília), em um momento de intenso tráfego dos afegãos que se dirigem ao trabalho, daí que 18 dos 20 feridos fossem civis.

Nikzad acusou do atentado os "inimigos do país", o eufemismo que usam as autoridades afegãs para se referir aos insurgentes talibãs, presentes sobretudo no sul e no leste do país, as áreas onde predomina a etnia pashtun.

Nas últimas semanas, o Afeganistão registrou um aumento dos combates entre os talibãs e as tropas internacionais desdobradas no país, por causa de duas operações militares maciças no sul para garantir a realização das eleições. EFE nh-daa/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.