Ancara, 19 dez (EFE) - A Polícia turca deteve 38 pessoas em uma operação de busca de membros da rede terrorista Al Qaeda realizada em várias cidades do país.

O chefe da Polícia de Istambul, Celalettin Cerrah, explicou hoje em entrevista coletiva que "38 pessoas foram detidas em uma operação contra um grupo de extrema direita" realizada nos últimos três dias.

Ele afirmou que 23 deles foram capturados em Istambul e que o resto foi detido em operações nas cidades de Izmir e Manisa.

A imprensa turca afirmou que os detidos são membros da Al Qaeda e disseram que alguns deles receberam treinamento militar no Afeganistão.

O jornal "Sabah" informou que, na casa de um dos detidos, foram encontradas listas com nomes de personalidades públicas da Turquia e também as plantas do consulado de Israel em Istambul.

Cerrah acrescentou que os suspeitos são responsáveis de pelo menos 12 atos criminosos, incluindo assassinatos. EFE dt/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.