Polícia turca detém 120 suspeitos de colaborar com Al Qaeda

Ancara, 22 jan (EFE).- A Polícia da Turquia deteve hoje em uma grande operação em 16 províncias do país 120 suspeitos de colaborar com a rede terrorista Al Qaeda, informou a agência de notícias local Anadolu.

EFE |

Entre os detidos aparecem possíveis líderes da Al Qaeda nas regiões de Van e Gaziantep, no sudeste da Turquia. As outras batidas foram, entre outras, nas províncias de Istambul, Ancara, Malatya, Mersin e Sanliurfa.

Na Universidade de Van, um professor foi detido sob a suspeita de ser o representante regional da rede terrorista e acusado de fazer propaganda para a Al Qaeda na internet.

As autoridades turcas decidiram realizar a operação de hoje, a maior da história do país contra a Al Qaeda, após a apreensão de arquivos da organização terrorista em uma batida na província de Adana.

O último ataque da Al Qaeda na Turquia foi contra o Consulado dos Estados Unidos em Istambul, em julho de 2007. O atentado deixou seis mortos, três policiais e três terroristas. EFE jk/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG