Polícia tailandesa encontra coquetéis molotov e bombas na sede do Governo

Bangcoc, 4 dez (EFE).- A Polícia tailandesa informou hoje que encontrou vários coquetéis molotov e bombas de fabricação caseira na sede do Governo, ocupada até terça-feira por milhares de partidários da Aliança do Povo para a Democracia.

EFE |

Além disso, três veículos e jóias desapareceram dos escritórios governamentais durante os mais de três meses em que foi ocupada pelos manifestantes antigovernamentais.

Também foram encontrados nas imediações do local barras e machados, segundo o general da Polícia Metropolitana Anan Srihiran.

"Há mais de 100 objetos que guardaremos como provas", acrescentou.

Na segunda-feira, os líderes da Aliança pediram que seus partidários deixassem o palácio governamental para reforçar os protestos nos dois aeroportos de Bangcoc que também estavam ocupados.

Um dia depois, deram por encerrados os protestos, horas depois de o Tribunal Constitucional desabilitar o primeiro-ministro tailandês, Somchai Wongsawat, e dissolver seu partido por fraude eleitoral.

Os manifestantes causaram na sede do Governo danos no valor de 25 milhões de bahts (quase US$ 700 mil) e deixaram uma conte de luz de 900 mil bahts.

Cerca de 17 mil ativistas chegaram a acampar no recinto no ponto alto dos protestos, que começaram em maio para exigir a renúncia do Governo, ao qual acusavam de corrupção e de ser um "fantoche" do deposto primeiro-ministro Thaksin Shinawatra.

Durante os mais de três meses de ocupação, os manifestantes destruíram o gramado e outros ornamentos que cercam o edifício, de estilo veneziano e construído em 1908. EFE grc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG