Polícia solta os 42 manifestantes anti-Otan detidos em Lisboa

Detidos são acusados de desacato à autoridade e obstrução de vias públicas e podem ser punidos ao fim do processo

EFE |

Os 42 manifestantes detidos neste sábado em Lisboa durante a cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), entre os quais havia 29 estrangeiros, foram libertados nesta madrugada, informa a imprensa oficial portuguesa.

A Polícia deteve os ativistas por eles terem bloqueado o trânsito em duas avenidas quando protestavam, vários deles enfileirados, perto do local onde acontecia a cúpula da Otan, realizada nesta sexta-feira e sábado em Lisboa.

Os manifestantes foram apresentados à Justiça na noite de sábado e foram postos em liberdade nesta madrugada. No entanto, são acusados de desacato à autoridade e obstrução de vias públicas e podem ser punidos ao fim do processo. O intendente da Polícia Metropolitana de Lisboa, Luís Elias, informou que, entre os 42 detidos, só havia 13 portugueses.

Porta-vozes dos movimentos pacifistas que organizaram o protesto disseram à Agencia Efe que nove deles eram espanhóis. Todos os detidos já podem voltar para suas casas e países de origem, mas as autoridades portuguesas, mesmo assim, podem convocá-los a julgamento ou puni-los com multas.

Carlos Pérez, pertencente à organização Alternativa Antimilitarista Moc, que participou da manifestação contra a cúpula da Otan, declarou à Efe que o protesto foi uma "ação de desobediência civil não-violenta" que interrompeu a circulação de duas vias urbanas de Lisboa.

A dissolução do protesto ocorreu sem informações sobre feridos, mas a Polícia teve de pedir a intervenção dos bombeiros para dispersar os manifestantes. Essas detenções foram os únicos incidentes significativos da cúpula da Otan em Lisboa.

As autoridades interditaram o trânsito nas ruas onde os participantes da conferência pretendem passar, entre o local da cúpula, os hotéis e o aeroporto de Lisboa.

    Leia tudo sobre: protestosotanlisboaprisões

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG