Polícia sérvia procura acusado de crimes de guerra

Belgrado, 10 nov (EFE).- Unidades especiais da Polícia da Sérvia iniciaram hoje uma grande operação de busca do acusado de crimes de guerra servo-bósnio Ratko Mladic na região de Valjevo, a 90 quilômetros ao sudoeste de Belgrado, afirmou a emissora de rádio e televisão B92.

EFE |

Segundo a "B92", que cita fontes do Ministério do Interior sérvio, também está sendo investigado o envolvimento de supostos membros de apoio logístico e financeiro ao ex-líder militar servo-bósnio.

A "equipe de ação" do Governo sérvio para a busca dos foragidos acusados de crimes de guerra confirmou que a operação de Valjevo é "parte de uma ação global" para localizar e capturar Mladic e Goran Hadzic, ex-líder dos sérvios da Croácia.

Os dois são os únicos acusados que ainda estão foragidos da Justiça internacional.

A agência de notícias "Fonet" afirma que unidades especiais da Polícia fizeram buscas nas instalações de uma fábrica de janelas nos arredores de Valjevo.

A imprensa indica que 50 agentes da Polícia chegaram em veículos oficiais por volta das 10h locais (7h de Brasília) à fábrica sem interromper o trabalho dos funcionários.

Anos atrás, a imprensa sérvia afirmou que houve várias de busca de Mladic em Valjevo, onde supostamente estava escondido temporariamente.

Mladic é acusado pelo Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia (TPII) de genocídio pelo massacre de Srebrenica e de outros crimes cometidos durante a Guerra da Bósnia (1992-1995).

Sua captura e extradição é a condição-chave para que a Sérvia possa prosseguir sua aproximação à União Européia (UE), após a assinatura do acordo de associação em abril. EFE sn/wr/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG