Polícia reprime manifestação em Tegucigalpa

A polícia hondurenha lançou bombas de gás lacrimogêneo nesta quarta-feira para dissolver uma manifestação de partidários do presidente deposto, Manuel Zelaya, no parque central de Tegucigalpa, constatou a AFP.

AFP |

Os agentes da polícia de choque investiram contra a multidão e além de dispersar o protesto, detiveram vários manifestantes.

Após lançar as bombas de gás lacrimogêneo, a polícia perseguiu os manifestantes pelas ruas próximas ao parque central, detendo diversas pessoas.

Segundo partidários de Zelaya que participavam do ato, a polícia de choque bateu nos manifestantes sem qualquer motivo, quando o grupo seguia para a sede do Congresso, situado a duas quadras do parque central.

on/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG