Polícia procura americano que ganhou US$ 31 milhões na loteria

As autoridades do Estado americano da Flórida ofereceram uma recompensa de US$ 5 mil (cerca de R$ 8,5 mil) por informações que permitam encontrar um ganhador da loteria desaparecido desde novembro. Abraham Shakespeare, de 43 anos, ganhou US$ 31 milhões (mais de R$ 53 milhões) na loteria da Flórida em 2006.

BBC Brasil |

Um colega de trabalho processou o ganhador em 2007, alegando que Shakespeare tinha roubado o bilhete premiado dele, no entanto Shakespeare venceu a ação judicial em outubro daquele ano.

Durante meses, em 2009, circularam boatos na região da cidade de Lakelands dizendo que Shakespeare estava morto ou com alguma doença grave, ou até mesmo de que o FBI estava procurando por ele. No mês de novembro, o nome dele foi incluído na lista de pessoas desaparecidas.

A família de Shakespeare perdeu contato com ele em abril e fez a denúncia de seu desaparecimento no dia 9 de novembro, de acordo com a delegacia de polícia de Polk County.

O site da polícia de Polk County informa que os "detetives não consideram Shakespeare como suspeito de alguma investigação; no entanto eles estão preocupados com seu bem-estar, pois ele não fez contato com sua família desde abril e nem mesmo no recente feriado de Ação de Graças".

"Até que possamos verificar seu paradeiro, consideramos (Shakespeare) como uma pessoa desaparecida e potencialmente uma vítima de crime", disse umas porta-voz da polícia.

De acordo com o jornal da cidade de Lakelands, The Ledger, o advogado Howard Stitzel, que trabalhava para Shakespeare, informou na terça-feira que a última vez que falou com seu cliente foi em outubro, quando discutiram questões ligadas a pensão alimentícia por telefone e ele não parecia estar com problemas naquela ocasião.

"Acredito que ele esteja vivo. Acredito que ele está escondido, não quer ser encontrado", disse o advogado ao jornal.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG