Polícia prende 5 suspeitos de matar brasileiro em Madri

A polícia espanhola prendeu cinco chineses suspeitos de envolvimento no assassinato de um brasileiro de 25 anos, encontrado morto no centro de Madri, na madrugada desta terça-feira. A polícia não divulga o nome da vítima, mas confirma que o homem teria sido encontrado na rua Fuencarral, no centro da cidade, por volta das 05h00 da manhã (meia-noite, horário de Brasília).

BBC Brasil |

Segundo os policiais, ele estava com parada cardiorrespiratória e apresentava graves contusões na cabeça e feridas de arma branca nas costas.

Ele foi socorrido pela equipe do SAMUR (Serviço de Urgência e Resgate de Madri), que tentou fazer reanimação pulmonar. No entanto, de acordo com o laudo do Departamento de Proteção Civil da Prefeitura, ele teria morrido no local do crime.

De acordo com informações dos policiais, o brasileiro teria entrado em um briga com um grupo de chineses.

Briga
A polícia ouviu como testemunha um amigo da vítima, de nacionalidade tcheca. Ele afirmou que o brasileiro teria roubado uma barraquinha de comida chinesa na rua, ao lado de um amigo português, de 27 anos, que foi esfaqueado durante a discussão e está hospitalizado, com ferimentos no rosto e na cabeça.

O vendedor ambulante teria gritado por ajuda e outros quatro chineses saíram correndo atrás dos ladrões com facas e canivetes.

A testemunha, que passou a manhã prestando depoimento, chamou a ambulância e também foi atendida com uma crise de ansiedade.

A assessoria de imprensa da Polícia Nacional da Espanha disse à BBC Brasil que os cinco chineses acusados de envolvimento na agressão permanecem detidos e serão entregues à Justiça como suspeitos de homicídio doloso.

Consulado
O consulado brasileiro na capital espanhola não havia sido informado pelas autoridades sobre a morte do brasileiro e se surpreendeu com a notícia.

O cônsul Gelson Fonseca disse à BBC Brasil que "são raros os casos envolvendo brasileiros em crimes de morte na Espanha".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG