Polícia polonesa retira 300 pessoas de universidade após descoberta de bomba

Varsóvia, 28 out (EFE).- A Polícia polonesa retirou hoje cerca de 300 pessoas, entre estudantes e professores, após a descoberta de um projétil da Segunda Guerra Mundial durante obras no recinto da Universidade de Varsóvia tem no centro da cidade.

EFE |

Segundo a porta-voz do centro, Anna Korzekwa, informou à imprensa, tudo está sob controle, após uma evacuação que aconteceu de maneira ordenada e com calma.

Os estudantes da faculdade de Direito e os que estavam na biblioteca, os edifícios mais próximos ao local onde foi encontrada a bomba, poderão voltar à atividade normal nas próximas horas, quando os agentes retirarem o velho projétil.

O explosivo foi encontrado por operários que realizavam trabalhos nos jardins do campus, que avisaram imediatamente às autoridades.

Esta situação ocorre com freqüência na capital polonesa, onde os bombardeios nazistas e soviéticos aumentaram com força durante a Segunda Guerra Mundial. EFE nt/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG